Auxílio emergencial negado? Prazo para contestar termina em 3 dias. Veja como fazer

Já os beneficiários inscritos no Bolsa Família, que também tiveram o pagamento cancelado, podem contestar até o dia 1º de junho.

Quem recebeu a primeira parcela do auxílio emergencial de 2021, mas que logo depois teve o pagamento do benefício cancelado pode contestar a decisão do Governo Federal. Mas é preciso se apressar, pois de acordo com o Ministério da Cidadania, a possibilidade de contestação só estará aberta até a próxima sexta-feira, 28.

Já os beneficiários inscritos no Bolsa Família, que também tiveram o pagamento cancelado, podem contestar até o dia 1º de junho. Segundo a pasta, os cancelamentos aconteceram por causa das revisões mensais e verificação que têm o objetivo detectar se os beneficiários permanecem dentro do critérios de elegibilidade para receber o auxílio emergencial em 2021.

Como contestar o auxílio emergencial 2021?

  • Acesse o site da Dataprev e clique em “Solicitar contestação”.
  • Basta acessar a aba de consulta do auxílio emergencial, preencher os dados de identificação pessoal;
  • Feito isso, confirme as informações e clicar em “Enviar”;
  • Caso o status do auxílio apareça como negado, deve-se clicar em “Contestação” e solicitar uma revisão nos documentos;
  • A partir daí, o Ministério da Cidadania avalia o pedido e dar um retorno em até 15 dias.

Fonte – Edital concursos Brasil.

 

 

 

 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *