Família Coelho abre bases para Anderson consolidar nome para senado

Coluna Fala PE

Uma nuance passou despercebida em meio às movimentações dos pré-candidatos oposicionistas no final de semana passado. Olhando para os municípios onde o prefeito Anderson Ferreira (Jaboatão dos Guararapes) visitou, vemos que várias das lideranças em questão apoiam o senador Fernando Bezerra Coelho, e, consequentemente, seu filho, o gestor de Petrolina, Miguel Coelho. Claro que esse “tour” dos irmãos de Jaboatão pelas bases dos Coelho não aconteceria sem o aval das lideranças sertanejas.

A movimentação de Anderson Ferreira, que levou, a tiracolo, o irmão, André Ferreira, deputado federal, tem toda a cara de ter sido combinada com FBC e Miguel. Lógico que ninguém vai abrir essa informação. Mas, se, de fato, houve esse aval, como está parecendo, a estratégia dos Ferreira e dos Coelho está mais do que acertada para reforçar não apenas um candidato a governador, mas um postulante ao Senado também.

Nesse sentido, o que podemos já estar presenciando é uma pré-campanha para o Governo de Pernambuco com Miguel Coelho à frente e outra pré-campanha, essa para senador, que teria na vaga um dos irmãos Ferreira; mais provavelmente Anderson, apesar de que a tese de André não está nem de longe descartada, já que o deputado também tem ido aos encontros.

Em se confirmando essa hipótese, a chapa já estaria bem desenhada com dois candidatos dos extremos de Pernambuco: Sertão e Região Metropolitana, onde cada um em seu colégio eleitoral trabalharia para angariar votos para o outro. Faltaria, para fechar essa equação, apenas uma peça: um nome para a vice, que, pela lógica, seria do Agreste.

NOME – Uma chapa oposicionista com um candidato a governador do Sertão (Miguel Coelho/Petrolina) e outro a senador da Região Metropolitana (Anderson Ferreira/Jaboatão dos Guararapes), logicamente seria fechada com um quadro forte do Agreste. E não precisa nem entender de política para detectar que esse nome é muito claro: trata-se da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra. A tucana, por sinal, foi assunto da Coluna da Fala PE anteontem pelo fato dela não estar se movimentando muito para uma provável candidatura ao Palácio do Campo das Princesas. Se já tiver topado a vice de Miguel, não tem mesmo porque Raquel estar andando pelo estado, o que casaria com a realidade dessa pré-campanha. Fala PE

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *