Bebê de apenas 2 meses morre após usar colírio para glaucoma

No último domingo (5), um bebê, de apenas 2 meses de idade, acabou morrendo depois de ingerir um medicamento errado. Em vez de bromoprida para evitar vômitos, o recém-nascido tomou colírio para glaucoma. O caso aconteceu em Formosa, no Distrito Federal.

Essa foi uma perda sem precedentes para a família que permanece enlutada. Emanuely Fonseca, mãe do bebê identificado como Ravi Lorenzo, disse em entrevista à TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo, que pouco antes da morte, seu filho estava bem e sorria.

– Ele era o meu sonho, tudo que eu pedi para Deus, e levar meu filho assim, tão prematuro, um bebê. É muito difícil. Um pouco antes, meu filho estava bem, sorrindo, foi só aplicar esse remédio que ele ficou ruim e eu perdi ele – desabafou.

Policiais investigam o caso para saber se o atendente da farmácia vendeu o medicamento errado e se houve acompanhamento de um farmacêutico.

O delegado responsável pelo caso, Paulo Henrique Ferreira, afirmou que se o erro for identificado, a pessoa poderá responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O delegado aguarda o laudo completo do exame cadavérico, para comprovar se a morte teve ligação com a ingestão do colírio.

Nesta segunda-feira (6), a Drogaria Ultra Popular, que vendeu o medicamento, disse que vai ajudar nas investigações. Fonte G 1.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *