Adolescente morre após tomar soda cáustica por engano

Um adolescente, de 16 anos, morreu após beber soda cáustica como se fosse água em um comércio em Guarujá, no litoral de São Paulo. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que a morte ocorreu devido a uma esclerose esofágica [varizes no esôfago, que podem vir a sangrar, causar hemorragia e levar a óbito]. Ao g1, um médico gastroenterologia afirmou que o problema pode ter sido acarretado pela ingestão do produto. O caso é investigado pelo 2° DP da cidade.

O g1 teve acesso ao Boletim de Ocorrência (BO) nesta sexta-feira (13) e, segundo o documento, a família alega que Heitor Santos Poncidônio teria pedido um pouco de água e recebido uma garrafa com o produto químico.

Ainda de acordo com o documento, o dono do comércio e um funcionário estiveram na delegacia e negaram a história. O rapaz teria ingerido a soda cáustica em 1º de dezembro no estabelecimento, em Vicente de Carvalho, enquanto comprava cloro e desinfetante para a avó.

A prima da vítima, Eduarda Poncidonio Costa, contou à polícia que no dia do ocorrido Heitor foi levado ao Pronto-Socorro. A PM foi acionada e compareceu à unidade de saúde para registra o ocorrido, cujo o caso depois passou a ser investigado pelo 2º DP.

Devido ao estado de saúde considerado grave, os médicos encaminharam Heitor ao Hospital Santo Amaro. Ao g1, a unidade de saúde disse que o paciente chegou com lesões compatíveis com a ingestão de soda cáustica. O jovem foi internado para realização de endoscopia de urgência.

As autoridades convocaram um funcionário da loja que confirmou a versão do patrão. Segundo a polícia, o comerciante declarou que a câmera de monitoramento da loja estava inoperante, o que motivou a ida de investigadores ao local apurar a veracidade da informação. Eles constataram que, de fato, o equipamento estava sem função e servia apenas para tentar inibir a ação de criminosos.

O g1 entrou em contato com o estabelecimento, mas foi informado por uma funcionária que o proprietário não estava no local.

Fonte: g1

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *