Menino de 10 anos mata amigo de 11 com facada após briga

Por Plenos News.

Na tarde desta segunda-feira (9), um menino de 10 anos matou o amigo de 11 a facadas no município Franco da Rocha, em São Paulo. As crianças brincavam na rua Péricles quando uma briga se desenrolou. A vítima não resistiu aos ferimentos, morrendo antes que o socorro chegasse, segundo informações do portal R7.

Conforme relato da madrinha do suspeito, a criança teria pegado uma faca na pia da cozinha de sua casa e ferido a vítima, identificada como Caio Lucas. Caio se tornou alvo do menino depois de tentar apartar o desentendimento que ocorreu entre crianças que brincavam na rua.

Uma equipe de resgate foi acionada, mas não chegou a tempo de socorrer Caio, que morreu nos braços da irmã.

Já a criança responsável pela facada não foi vista desde então. A madrinha acredita que ele esteja sob os cuidados da mãe.

A mulher ainda nega que seu afilhado já tenha dado sinais de agressividade, e conta que ele apenas vinha passando por um momento de grande tristeza após ter perdido o pai recentemente.

PRESSENTIMENTO
Em desabafo, a mãe de Caio, identificada como Maria Elaine Gomes Bezerra, contou ao R7 que passou o dia do ocorrido sentindo um aperto no peito, pressentindo que algo de ruim estava para acontecer. Ela chegou a telefonar para sua filha a fim de saber se a família estava bem.

A má notícia veio momentos depois, quando ela recebeu a ligação de uma vizinha avisando sobre o atentado contra Caio. A mãe se encaminhou às pressas até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Franco da Rocha para onde seu filho foi levado e foi avisada sobre o óbito.

Ela relembra que já havia proibido o filho de brincar com o menino em questão, pois avaliava que o pequeno não apresentava bom comportamento. O garoto tinha se mudado recentemente para a rua, e já havia se envolvido em outras brigas, embora não demonstrasse tamanha agressividade.

– Nunca gostei dele. Se eu estivesse aqui, não teria deixado meu filho brincar com ele. Sempre avisei que ele era encrenca – disse Maria.

A mãe de Caio compartilhou ainda que seu filho sonhava em se tornar policial quando crescesse e que em breve ganharia de presente uma nova bicicleta.

A Prefeitura se manifestou dizendo lamentar o caso e garantiu que está oferecendo o suporte necessário às famílias envolvidas.

A Delegacia Central de Franco da Rocha está a frente da investigação.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *