Homem joga carro contra ex-mulher que voltava de delegacia após denunciá-lo

Uma empresária de 35 anos sofreu uma tentativa de feminicídio pelo ex-marido na noite de sexta-feira (15) na Rua Ministro Apolônio Salles, em São Mateus, Zona Leste de São Paulo.

Marcos da Silva Correia jogou o carro contra o veículo em que ela estava com as três filhas e o atual namorado. Depois, desceu do veículo e usou uma barra de ferro para agredi-la. Ele fugiu do local.

Uma das filhas da vítima, de 8 anos, também ficou ferida na colisão. Ela deve passar por uma cirurgia após sofrer uma fratura no fêmur.

Em entrevista à TV Globo, a vítima, que não quis se identificar, disse que já vinha sofrendo ameaças do ex-marido. O ataque ocorreu minutos após a empresária ir à delegacia pra pedir uma medida protetiva contra Marcos.

“Eu imaginaria que ele poderia fazer alguma coisa, mas não nesta gravidade e com os meus filhos presentes”, disse.
“Durante o dia, ele já vinha me ligando, ameaçando, pedindo pra eu ir embora com as minhas filhas, senão eu ia ver só. Daí eu sai do local onde eu estava, que era na casa do meu atual namorado, e fui direto para delegacia fazer um boletim de ocorrência, com medida protetiva. E quando eu estava chegando em casa, que eu estava guardando o carro, senti a pancada e eu vi que era ele”, contou.

A empresária disse ainda que o ex-marido estava ligando para a filha ao longo do dia para ameaçá-la.

“Ele ligou pra minha filha e falava: ‘fala para sua mãe que você quer ir embora agora, eu sou seu pai, eu que mando, fala que você quer embora agora”, contou.

“A partir daí eu parei de atender todas as ligações, minha filha não queria mais atender, porque começou a ficar com medo do próprio pai”, completou. G1

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.