Lula e Bolsonaro têm empate técnico na espontânea e cai para 8% diferença na estimulada

Segundo o Paraná Pesquisa, Lula lidera contra Bolsonaro, mas diferença representa empate técnico quando contabilizada a margem de erro.

Por/ Diário de Poder.

Levantamento nacional do instituto Paraná Pesquisa divulgado nesta quarta-feira (9) revela que a diferença entre o petista Lula e o presidente Jair Bolsonaro, os dois principais pré-candidatos à Presidência este ano, caiu. Na pesquisa espontânea, quando os nomes dos cnadidatos não são apresentados ao entrevistado, Lula tem 25,8% das intenções de votos e Jair Bolsonaro tem 21,5%. Com a margem de erro de 2,2%, para cima ou para baixo, os dois estão tecnicamente empatados.

Nesse cenário, o pré-candidato do Podemos, Sérgio Moro, tem 2,3%; Ciro Gomes (PDT) é o quarto colocado, com 1,9%, seguido por João Doria (PSDB), 0,4%, e André Janones (Avante), 0,1%. Todos os outros candidatos citados representam 0,3% das respostas, quando somados.

Cenários estimulados

Segundo o primeiro levantamento estimulado do Paraná Pesquisa, que lista a opções de candidatos no primeiro turno aos entrevistados, o ex-presidiário Lula tem 38,9% contra 30,9% do presidente Bolsonaro. Sergio Moro teria 7,4%, Ciro Gomes 6,8%, João Doria 2,2%, Eduardo Leite 1,3%, André Janones 0,7%, Simone Tebet (MDB) 0,4% e Alessandro Vieira (Cidadania) 0,1%.

Em relação ao último levantamento nacional do Paraná Pesquisa, em fevereiro, a diferença entre os dois principais candidatos caiu em três pontos; Lula diminuiu um ponto e Bolsonaro avançou dois.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.