Impeachment de Wilson Witzel é confirmado por Tribunal Especial no Rio

Maioria dos integrantes do Tribunal Especial Misto votou a favor do afastamento permanente de Witzel do governo do Rio

Witzel foi condenado por dois crimes de responsabilidade, cometidos durante a pandemia da Covid. O primeiro foi um ato de ofício que reverteu pareceres técnicos que desqualificaram a organização social Unir, que apresentou irregularidades na gestão de unidades de saúde no estado. O segundo crime de responsabilidade é a participação de Witzel, segundo os membros do tribunal, na contratação de outra organização social, a Iabas, para a construção e operação de sete hospitais de campanha por R$ 770 milhões. Apesar de o governo ter pago R$256 milhões à organização, apenas um dos hospitais entrou em funcionamento. Diário do poder

 

 

 

 

 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *