Comerciante é morta a tiros por não ter cerveja para vender aos suspeitos

Uma comerciante foi morta a tiros na noite do último sábado (7) na Vila do Cruzeiro, em Quipapá, Mata Sul de Pernambuco. A vítima foi morta em casa, onde funcionava a mercearia dela, por dois suspeitos que teria se aborrecido porque ela não tinha cerveja para vender.

De acordo com a polícia, a vítima identificada como Aparecida Lucia de Lira, de 39 anos, foi abordada pelos dois suspeitos que, na sequência, invadiram a casa dela quebrando a porta com um machado e depois efetuaram disparos de arma de fogo contra ela.

Ainda segundo a polícia, uma segunda pessoa que estava na casa, que não teve a identidade divulgada, foi baleada na perna durante a abordagem dos suspeitos. Os dois homens fugiram da residência após o crime.

O corpo de Aparecida foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Palmares e a polícia informou que investiga o caso para identificar os suspeitos e adotar as medidas cabíveis contra eles. Fonte g1.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *