Médico coloca luva cirúrgica no lugar de bolsa de colostomia em paciente

Um homem de 35 anos teve uma luva cirúrgica colocada no lugar de uma bolsa de colostomia em um hospital particular de Curitiba. João Carlos dos Santos, de 35 anos, disse que inicialmente não viu problemas na situação e aceitou a colocação do item. Mas, conta que, ao chegar em casa, “caiu a ficha”. Leia mais abaixo.

Segundo o paciente, ele precisava do equipamento coletor enquanto se recuperava de um procedimento pós-operatório no rim.

Porém, ao ir no hospital para colocar o item, o médico disse que a instituição estava sem a bolsa e indicou que colocaria a luva em substituição.

“O médico falou que era medicina de guerra e colocou uma luva improvisando o procedimento. Saí do hospital com aquela luva pendurada na barriga, vazando muito. Em casa eu não tinha controle. Fiquei encharcado de secreção… Minhas roupas e cobertores ficaram todos molhados”.
O caso aconteceu em 22 de setembro no Hospital Ônix, no bairro Batel. A NotreDame Intermédica, responsável pelo hospital, lamentou o ocorrido e disse que desligou o médico da equipe. Também afirmou que o paciente está bem e que todas as demandas dele “estão assistidas”. Leia a nota na íntegra ao final da reportagem.

Nota da NotreDame Intermédica
“A prioridade da empresa é oferecer o melhor atendimento aos clientes. Por isso, a companhia lamenta profundamente o ocorrido, que possa ter gerado algum desconforto ao paciente.

Por esse motivo, assim que houve conhecimento dos fatos, o médico foi desligado, o paciente foi acolhido, e todas as suas demandas estão assistidas.

O paciente está bem e em continuidade ao seu tratamento ambulatorial. A companhia preza pelo bem-estar do paciente sempre e está em contato direto e à disposição do beneficiário para melhor assisti-lo”.

Fonte: g1

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *