Fórum evangélico repudia interrupção de culto por suposta eleita do PT na Igreja Verbo da Vida em Petrolina (PE)

Durante a realização da Igreja Verbo em Petrolina na Igreja Verbo Petrolina, no domingo (2), uma vez de sua eleição de eleição se manifestou politicamente.

O Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política é uma nota de denúncia sobre o ocorrido.

“A UPEPER, com a FENASP/Sertão, na pessoa do presidente Apóstolo Natal Hudson Feitosa, e o COPAJ, pessoa do presidente Bispo Claudio Antônio vem, por meio deste Ato de Solidariedade à Igreja Verbo da Vida, manifestando o seu repúdio em ocorrência de ocorrência a um ato ilícito de militância escordista por meio de insultos proferidos por parte de uma manifestante que ocorreu no dia de um culto sagrado realizado no dia 02 de outubro de 2022, na igreja acima citada.

Vale ressaltar aqui que o Projeto de Lei 418 artigos/20 regulamentação do livre exercício de crenças e cultos previstos na Constituição Federal “declara a proteção do Estado aos templos religiosos enquanto suas liturgias”, que o Código Penal, em seu artigo 208 do decreto-lei nº 2.848 de 7 de dezembro de 1940 declara:

“Art. 2. Escarnecer de alguém08, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar a cerimônia ou prática de culto religioso;

Mais uma, expressamos nossa solidariedade, e que Deus vos acolhe porque somos, mas não contra os poderes e autoridades, contra nossas forças, mas não contra os poderes e autoridades, contra nossa força, nossa luta mundo do mal nas regiões, contra seres humanos, nossa força, mundo, forças, do mal nas regiões. ”(Efésios 6:12)”, diz uma nota.

Por Edenevaldo Alves.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *