Porteiro é espancado por assaltantes durante invasão de prédio em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife

Um porteiro foi espancado durante a invasão de um prédio, nesta sexta (26), em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O crime aconteceu no Edifício Plaza de La Playa, na rua Doutor Vicente Gomes. De acordo com a Polícia Civil, dois homens danificaram o portão do edifício, agrediram o porteiro e roubaram um celular e duas bicicletas.

A vítima, que não teve o nome divulgado, foi socorrida na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Imbiribeira, na Zona Sul, e levada para o Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife.

De acordo com a assessoria de imprensa da unidade de saúde, o homem, que sofreu agressões físicas, está na unidade de trauma, passou por exames e o quadro de saúde dele é considerado “estável”.

O motorista de transporte por aplicativo Paulo Santana, de 50 anos, morador do prédio, disse que acordou de madrugada, por volta das 3h30, com um barulho.

“Olhei pela minha janela, mas ele não gritou por socorro nem nada. Por isso, voltei a dormir. Às 7h, quando sai de casa, vi o prédio cheio de sangue e o pessoal relatou que ele tinha sido agredido”, disse.

Os moradores acreditam que os criminosos queriam levar os portões de alumínio do prédio. “Ele foi ao banheiro e, quando voltou, foi rendido por dois homens que estavam com facas. A gente acha que os meliantes tentaram levar os portões e, ao voltar do banheiro, ele tentou evitar o roubo e foi rendido”, declarou.

Imagens enviadas compartilhadas mostram a guarita e uma área dentro do prédio com marcas de sangue. Paulo Santana disse que todos estão assustados com os relatos de crimes que estão ocorrendo no bairro.

“Pessoas que moram há mais de 35 anos aqui disseram que nunca viram isso acontecer antes. Mas a verdade é que está deixando de ser tranquilo. Uma padaria daqui foi assaltada, botou segurança, os porteiros não ficam mais na área da guarita. A gente fica com medo de que aconteça algo pior”, afirmou.

Por nota, a Polícia Civil disse que o caso é investigado como “roubo a residência”, mas que a tipificação pode mudar a qualquer momento pelo delegado Alessandro Orico, da Delegacia de Boa Viagem, que está responsável pelas investigações do caso.

Também por nota, a Polícia Militar informou que registrou a ocorrência como agressão e fez o socorro da vítima para a UPA da Imbiribeira.

Questionada sobre as reclamações de insegurança na área, a PM disse que o policiamento em Boa Viagem é realizado por guarnições táticas e motopatrulhamento, além do policiamento a pé, e que a área também é atendida pelo Sistema Koban [de polícia comunitária].

A PM reforçou, no comunicado, a importância de serem prestadas as informações de ocorrências nas delegacias e por meio do 190, no momento da ocorrência, para que o policiamento seja intensificado naquela hora. E de prestar queixa, posteriormente, na Delegacia de Polícia Civil.

“O Comandante está ciente e desenvolvendo ações para aumentar a redução de CVP na área, da mesma forma que está sempre implementado melhorias para a otimização do policiamento”, disse, na nota.

Com informações do G1 Pernambuco

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.