Jovem atropelado por modelo sem habilitação teve perna arremessada cerca de 50 metros

A brutalidade do atropelamento do adolescente João Gabriel Cardim Guimarães pelo modelo Bruno Krupp causou espanto de quem testemunhou o acidente.

Em depoimento, um policial militar que chegou ao local, na noite de sábado (30), contou que a perna esquerda do estudante foi amputada na hora do impacto e foi parar 50 metros à frente do acidente, no gramado entre o calçadão da orla da Barra da TIjuca e a areia da praia na Zone Oeste do Rio.

Vídeos gravados logo após o atropelamento mostram a cena. A perna chegou a ser colocada em uma caixa térmica com gelo para ser preservada, enquanto o estudante João Gabriel era socorrido na pista. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, mas não resistiu.

Testemunhas dizem que o influenciador digital de 25 anos costumava pilotar em alta velocidade sua moto, uma Yamaha cinza. Vídeos de câmeras de segurança mostram a moto acelerada na Avenida Lúcio Costa e o momento em que João Gabriel e a mãe atravessavam a rua, na faixa de pedestres, antes do impacto.

Jovem era filho único
João era filho e neto único, e morava em Realengo, na Zona Oeste do Rio.

“Minha irmã está destruída pela dor. Nós todos também. Destruídos pela perda do único neto, do único filho”, disse Débora Cardim.

Fonte: g1

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *