PP e PL formam aliança para reeleição de Bolsonaro

O PP confirmou, hoje, durante convenção nacional em Brasília, a coligação com o PL – partido presidido pelo ex-deputado Valdemar Costa Neto e pelo qual o presidente Jair Bolsonaro tentará a reeleição em outubro.

A aliança foi aprovada em ato na Câmara dos Deputados com a presença de Bolsonaro e de integrantes do chamado Centrão, como o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, presidente licenciado do PP; e os deputados Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara, e Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Casa.

Também compareceram à convenção o ministro das Comunicações, Fábio Faria (PP-RN); e Tereza Cristina (PP-MS), deputada e ex-ministra da Agricultura. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), que tentará a reeleição, também participou do ato.

Atualmente, PL e PP são as duas maiores bancadas da Câmara dos Deputados. O PL, partido de Bolsonaro, conta com 77 parlamentares e o PP, com 57. Juntas, as siglas somam 134 deputados (um quarto dos 513 da Câmara).

Deputado federal por sete mandatos, Bolsonaro já foi filiado ao PP e a outros sete partidos (PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PSC e PSL) antes de entrar para o PL em 2021.

Com a escolha do partido de Valdemar Costa Neto e o apoio de outras legendas do Centrão, o presidente terá um dos maiores tempos de rádio e TV durante a campanha eleitoral.

Durante pronunciamento no evento, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros destacou a aprovação, pelo Congresso e com apoio do Palácio do Planalto, da chamada “PEC Kamikaze”, que ampliou e criou benefícios sociais às vésperas da eleição, e também o projeto que limitou o percentual do ICMS incidente sobre combustíveis.

Barros também pediu mobilização dos filiados e militantes para a reeleição de Bolsonaro “porque ele pensa como nós pensamos”. A convenção do PP também contou com a presença de ex-atletas que vão se candidatar pelo partido a mandatos eletivos neste ano: o ex-lutador Wanderlei Silva, o ex-maratonista Vanderlei Cordeiro de Lima e o ex-jogador de futebol Washington Coração Valente, além de Cristina Valle, ex-mulher de Bolsonaro e mãe de Jair Renan, quarto filho do presidente, também candidata. Por Magno Martins.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.