Troca de farpas entre Humberto Costa e Marília Arraes em eventos

Troca de farpas, provocações e indiretas foram trocadas entre a Frente Popular, liderada pelo PSB com o PT, e Marília Arraes (SD). O fogo cruzado pode indicar o tom da campanha, indicando que a disputa pelo campo de esquerda e pelo eleitorado de Lula (PT) deve ser o primeiro desafio a ser superado pela ex-petista e Danilo Cabral, pré-candidato do PSB ao Governo de Pernambuco.

Nesse domingo, 16 de maio, o diretório estadual do PT realizou um evento para indicar oficialmente o nome de Teresa Leitão ao Senado, com a presença e apoio de Paulo Câmara (PSB), articulador da Frente Popular. Logo no início do evento, Doriel Barros, presidente do PT-PE, deu o tom.

“Não vamos deixar o povo ser induzido ao erro por quem se diz alternativa de esquerda. Precisamos de uma chapa progressista, da esquerda para o centro, e não uma do centro para a direita. (…) Vamos trabalhar para que a base dos trabalhadores tenha a clareza do projeto de Lula em Pernambuco: Danilo Cabral para governo e Teresa Leitão para Senado!”, disse o deputado estadual.

Mas as indiretas mais contundentes partiram de Humberto Costa (PT), durante discurso do senador sobre a colega: “Teresa não é daquelas que entram, passam uma chuva e vai embora. Não adianta nada dizer que estava com Lula e quando a Lula mais precisava, virar as cotas. Quem faz isso não é lulista. (…) Aqui em Pernambuco não estamos divididos, não temos dois palanques. Lula estará com o pé em uma única canoa para eleger Danilo e Teresa!”. Blog Jamildo.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.