Padre suspeito de atropelar homem e fugir sem prestar socorro estava com a CNH vencida

A Polícia Civil confirmou que o padre investigado por atropelar um homem e fugir sem prestar socorro, após furto em uma igreja de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), está com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida há dois anos. O atropelamento aconteceu na noite de sábado (7), na Avenida Tiradentes, e foi registrado por uma câmera de segurança (assista acima).

De acordo com a polícia, o frei Gustavo Trindade dos Santos, de 37 anos, apontado como o motorista que atropelou Ângelo Marcos dos Santos Nogueira, de 40 anos, é habilitado, mas deveria ter renovado a carteira de habilitação em fevereiro de 2020. No entanto, o padre deve, a princípio, responder apenas administrativamente pela CNH junto ao Detran.

Ainda na terça, a Justiça negou o pedido de prisão preventiva feito pela Polícia Civil contra o padre. O Ministério Público havia recomendado o indeferimento do pedido no mesmo dia. g1

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.