Mais de 9,4 mil assassinatos, em cinco anos, estão sem solução em Pernambuco

Como se já não bastasse o alto número de assassinatos ano após ano, a impunidade em Pernambuco também é elevada. Estatísticas da Secretaria de Defesa Social (SDS), obtidas pela coluna Ronda JC por meio da Lei de Acesso à Informação, apontam que mais de 9,4 mil investigações de homicídios, instauradas no período de 2017 a 2021, estão sem conclusão no Estado.

Um dos inquéritos é o do assassinato do adolescente pernambucano Arthur Almeida, de 15 anos, que ficou conhecido nacionalmente pela participação no programa musical The Voice Kids, da TV Globo.

O garoto estava em um estabelecimento de serviços estéticos, no bairro de Candeias, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, quando foi atingido a tiros, em 30 de abril de 2020.

Segundo testemunhas, era fim de tarde quando um grupo de seis homens invadiu o local. A linha de investigação inicial apontou que os assassinos procuravam pelo cunhado do garoto – um homem que, na época, cumpria pena em regime aberto. Ele conseguiu fugir.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.