Após ser estuprada por três, mulher é enterrada viva vea onde.

A necropsia do corpo de uma mulher encontrado no último dia 15, no Centro de Medina, no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, apontou que ela foi enterrada ainda com vida após ser espancada e estuprada por três homens. Joana Darc Sena, de 25 anos, era mãe de quatro filhos e morreu asfixiada pelo soterramento.

A vítima estava desaparecida desde o dia 11 e foi encontrada pela Polícia Militar em uma cova rasa, no quintal de uma casa abandonada na Rua Olegário Maciel. O laudo do Instituto Médico Legal de Pedra Azul concluiu que ela morreu asfixiada pelo soterramento após receber socos e chutes.  

Um suspeito de 21 anos foi preso no dia em que o corpo foi localizado e confessou que dois colegas, de 17 e 20, abusaram sexualmente da vítima. “Três autores teriam saído de um estabelecimento denominado Pagodinho, próximo a essa casa”, acrescentou o policial militar Danilo Guedes.    

Em seu depoimento, o acusado disse que um deles deu duas facadas na mulher e, em seguida, ordenou que o mais novo terminasse de matá-la e a enterrasse no imóvel.  A dupla está foragida.

De acordo com o Correio Braziliense, o resultado do exame contestou a versão do suspeito, já que não foram identificados ferimentos de faca nem de tiros de arma de fogo. A Polícia Civil acompanha o caso. Postado por leiaja.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.