União Brasil confirma candidatura própria à presidência

Em vídeo que irá ao ar amanhã, o União Brasil, partido que saiu da costela do PSL e do Democratas, crava que terá candidato à Presidência. Obtido pelo blog da Natuza Nery, este é o primeiro comercial da legenda programado para os meses de março e abril.

A mensagem pública de que terá candidato chama atenção por contrastar com a movimentação de bastidor da sigla. Pelo menos até aqui, Luciano Bivar, presidente do União Brasil, vem flertando com a possibilidade de apoiar candidatos de fora, caso de João Doria (PSDB). Já houve conversas com o MDB de Simone Tebet também.

No comercial, um locutor fala em “liberdade para apresentar ao Brasil um novo caminho”. E, em aparente contraponto com Bolsonaro, fala em democracia como valor “inegociável”. A possibilidade de uma candidatura própria não surge por convicção, mas por cálculo.

O União Brasil hoje é a agremiação partidária com maior fatia do fundo eleitoral e quer usar todo o dinheiro que tem – uma vez que a legislação prevê a devolução ao Tesouro Nacional de tudo o que não foi gasto em campanhas.

Com isso, o próprio Luciano Bivar poderia se candidatar à Presidência República. Assim, por meio de sua candidatura, os recursos nela gasto serviriam, de forma direta ou indireta, para ajudar os demais candidatos da sigla a outros cargos. O PSL foi o partido de Bolsonaro em 2018. Postado por Magno Martins.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.