Mulher espera marido dormir e pede ajuda de amante para matá-lo

O amante matou a vítima a golpes de facas; a vítima foi ferida nove vezes

por Bwes.

Uma jovem de 22 anos foi presa pela polícia após investigadores apontarem ela como a mandante da morte do marido, o borracheiro Douglas Novaes, de 27 anos, morto com 9 golpes de faca na residência em que morava. A mulher, identificada como Mayra de Lima Luna, teria pedido a ajuda do amante para cometer o crime.

De acordo com informações do R7, o corpo da vítima foi desovado em uma valeta, às margens de um córrego, na cidade de Dourados, interior do Mato Grosso do Sul, mesmo município onde o homem foi morto. O cadáver foi localizado na segunda-feira (14).

Após ter sido detida, Mayra confessou à polícia que, na madrugada da segunda, após uma discussão, esperou o marido dormir para entrar em contato com o amante. Ela pediu para que o homem fosse até a casa do casal para executar o borracheiro.

Após ter matado Douglas, a mulher dele usou o carro da família para levar o corpo até o córrego. A vítima foi encontrada sem camisa, de bermuda e descalça. A perícia encontrou ferimentos no pescoço, peito, mão esquerda e abdômen.

Investigação

O delegado do Setor de Investigações Gerais (SIG), Erasmo Cubas, disse, em depoimento ao site local Ligado na Notícia, que a mulher contou que o relacionamento com borracheiro era conturbado, cheio de brigas, ameaças e agressões — atitudes que levaram ela a matá-lo.

No domingo (13), o casal almoçou com familiares e já na madrugada de segunda, começaram a discutir. A vítima foi morta enquanto dormia no sofá e sequer teve chances de reagir aos golpes de faca.

“Ontem, fomos até a residência e constatamos marcas de sangue no imóvel e também no sofá. Pelas facadas, as primeiras foram certeiras e letais, indicando que a vítima não teve possibilidade alguma de se defender. Também descobrimos que Mayra mandou o carro para lavar geral num lava-rápido, porém, foram encontrados vestígios de sangue em objetos, o que também indica que o veículo foi usado para desovar o corpo da vítima”, detalhou o titular do SIG.

O amante ainda não foi localizado e preso pela polícia. Agentes trabalham com a hipótese da prisão em flagrante, após ser expedido o mandado de prisão preventiva.

 

 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.