Dentro do Batalhão: PM é atingido por tiro e morre; colegas dizem que ele derrubou arma no chão ao trocar de roupa

Um policial militar morreu após ser atingido por um tiro dentro do batalhão em que trabalhava, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O caso ocorreu na manhã desta sexta-feira (11), e, segundo pessoas que trabalhavam com a vítima, o soldado Luan Chagas Ferreira derrubou no chão a arma, que disparou e o atingiu no peito.

O soldado, que não teve a idade divulgada, estava na sede do Batalhão Henrique Dias, o 6º Batalhão da Polícia Militar. Luan Chagas Ferreira foi aprovado em primeiro lugar no concurso da PM no ano de 2018. O 6º BPM fica na Estrada da Batalha, no bairro de Prazeres.

O policial militar foi socorrido para o Hospital Guararapes, que fica na Estrada da Batalha, mesma avenida do batalhão, a cerca de dois quilômetros de distância. Segundo o hospital, a vítima já chegou morta à unidade hospitalar.

Colegas de Luan Chagas disseram que o policial aguardava uma autorização para se mudar para o interior do estado, onde nasceu. Recentemente, a transferência foi aprovada, pouco antes de ele morrer. As informações são do G1

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.