Caso Geddel: Ministro Edson Fachin e mais um vexame do Supremo tribunal Federal, entenda

Nesta quarta-feira, dia 9 de fevereiro, o caderno de política do News Atual, traz matéria sobre Geddel Vieira e uma decisão do ministro Edson Fachin, que revoltou a sociedade. O Ministro do Supremo Tribunal Federal, atendeu um pedido da defesa a autorizou a liberdade condicional ao condenado.

A saber, o ministro d STF Edson Fachin concedeu este benefício a Geddel Vieira e o motivo da revolta de internautas com a decisão é muito simples. Pois Geddel foi condenado pelo crime de associação criminosa no caso das malas de R$ 51 milhões encontradas em um apartamento em Salvador.

O argumento de Edson Fachin para aliviar a pena de Geddel é bizarro

O Supremo tribunal Federal não possui o respeito da população, pois em diversos momentos os ministros viram piadas nas redes sociais por conta de suas controversas decisões. E desta vez o ministro Edson Fachin apenas colaborou para o vexame da Suprema Corte ficar ainda maior.

Ministro concedeu progressão de regime e remissão da sentença no caso do bunker com R$ 51 milhões. A dedução de 681 dias da sentença de 13 anos e quatro meses imposta no processo, no argumento foi a “dedicação à leitura e elaboração de resenhas” e “aprovação” no Enem de 2017. Fonte Nweus Atual.

 

 

 

 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.