Bomba! PT articula uma CPI para investigar Sergio Moro, entenda

Por Newes Atual

Neste domingo, dia 23 de janeiro, o caderno de Política do News Atual traz matéria sobre uma suposta CPI contra Sergio Moro. De acordo com o Portal Antagonista, foi apurado que Arthur Lira (PP) já teria afirmado concordar com a instalação da comissão, e as assinaturas serão recolhidas pelo deputado Paulo Teixeira do PT.

A possibilidade de uma CPI para investigar Sergio Moro, surgiu depois que o TCU não conseguiu acessar à remuneração paga pela Alvarez & Marsal ao ex-ministro, durante os 10 meses de consultoria. Vale lembrar que o TCU não tem jurisdição sobre contratos privados sem o envolvimento de recursos públicos.

Caso seja instalada e a CPI para investigar Sergio Moro terá duração de 4 meses

Quem está por trás da movimentação dessa CPI para investigar Sergio Moro é o Partido dos Trabalhadores. “O PT resolveu negociar com o Centrão e o Palácio do Planalto a instalação da CPI, que, segundo informações preliminares, não se limitará ao contrato de Moro com a Alvarez & Marsal.” destacou o Antagonista.

Além disso, segundo a apuração, o objetivo seria usar as acusações do doleiro Rodrigo Tacla Duran para investigar o escritório de advocacia de Rosângela Moro. Dessa forma, quebrando o sigilo bancário, telefônico e telemático da esposa de Moro, do sócio Carlos Zucolotto e outros parceiros.

O prazo para encerrar a CPI seria de quatro meses e após o encerramento, será encaminhada à PGR, para denunciar Sergio Moro e torná-lo réu em seguida. Alguns petistas mais eufóricos acreditam até em prisão do ex-ministro.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *