Skip to main content

A Ubatec emite nota de repúdio aos diretores CRT03 por demitir funcionária técnica em Eletrotécnica em tratamento de câncer de mama

Conselho Regional dos Técnicos Industriais da 3ª Região recebe nota de repúdio

NOTA DE REPÚDIO:

AUTARQUIA FEDERAL DEMITE FUNCIONÁRIA QUE ESTÁ EM TRATAMENTO DE CÂNCER DE MAMA E RECEBENDO O AUXÍLIO DOENÇA DO INSS
A Sra. Rosangela Maria dos Santos, Técnica em Eletrotécnica, em tratamento de Câncer de Mama, recebendo o Auxílio Doença do INSS desde julho de 2021, foi demitida, no dia 12 de novembro de 2021, do Conselho Regional dos Técnicos Industriais da 3ª Região – CRT-03.
A decisão para demissão da funcionária foi tomada pela Diretoria Executiva do CRT-03 em reunião deliberativa. Onde a maioria da diretoria é composta por sindicalistas do Sindicato dos Técnicos Industriais – SINTEC.
Como é que um conselho de classe, que deveria trabalhar pelo Técnicos, demite uma funcionária em um momento tão difícil como esse?
E ainda ignora que ela está recebendo o auxílio doença do INSS?
ESSE É O CONSELHO QUE NOS REPRESENTA?

Nota enviada pela diretoria da UBATEC.

Compartilhar Noticia:

16 thoughts to “A Ubatec emite nota de repúdio aos diretores CRT03 por demitir funcionária técnica em Eletrotécnica em tratamento de câncer de mama”

  1. TRATA-SE DE UMA NOTA FORA DE CONTEXTO EM TODOS OS ASPECTOS, SE NÃO VEJAMOS:
    1 A COLABORADORA NÃO EXERCIA AS FUNÇÕES DE TÉCNICA INDUSTRIAL
    2 ELA ESTAVA TRABALHANDO SOB O REGIME TRABALHISTA DE CONTRATO TEMPORÁRIO COM PREVISÃO DE INÍCIO E FIM, “OMITIDO NA NOTA”.
    3 A DIRETORIA EXECUTIVA E FORMADA DE TÉCNICOS INDUSTRIAIS, E O CRT-03 TEM EM SEU QUADRO UMA ASSESSORIA JURÍDICA QUE CONSULTADA NOS ORIENTOU DA DECISÃO QUE DEVERIAMOS TOMAR, SEGUIMOS A ORIENTAÇÃO.
    4 A COLABORADORA NÃO ESTA AFASTADA POR ACIDENTE DO TRABALHO SE ESTIVESSE SERIA OUTRO ENTENDIMENTO.
    5 EXISTE POR TRÁS FA NOTA OITROS INTERESSES ESPÚRIOS, QUE NO MOMENTO ADEQUADO COM A AÇÃO QUE IREI PATROCONAR SERÁ DO CONHECENTO PÚBLICO.
    6 AGRADEÇO A COMPREENSÃO DE TODOS E ESTOU ABSOLUTAMENTE TRANQUILO DA FORMA COMO TRATAMOS O CASO.
    7 LAMENTO QUE AINDA EXISTA PESSOAS QUE EXPÕE AS PESSOAS DA FAMÍLIA AO RIDÍCULO COMO ESTE.
    JONAS SILVINO
    DIRETOR.

    1. O senhor diretor no mínimo foi mau assessorado. A vida é mais preciosa do que seu blá blá blá juridico. O que qualquer pessoa merece nessa situação é apoio humano. Garanto que se fosse com sua família o tratamento seria diferente. A verdade é que mulheres ainda sofrem violência de todo tipo na nossa sociedade. Parabéns pra quem denunciou por que assim ficamos sabendo quem são essas pessoas e do que são capaz.

    2. O interesse espúrio a que se refere deve ser o legalismo seletivo que usa mão de ferro com uma funcionária e deixa a farra solta pra gastos desnecessários. Bora tirar o dinheiro dos técnicos e vê como vai funcionar. Tem que secar a fonte. Não pague anuidade, não seja trouxa. Não sustente parasitas.

  2. A ATITUDE DO CONSELHO FOI LASTIMÁVEL. UMA DAS FUNÇÕES DO CONSELHO E AMPARAR, ASSESSORAR E ZELAR PELA DIGNIDADE HUMANA DOS SEUS. A RESPOSTA A SITUAÇÃO SE TORNA AINDA MAIS PERVERSA AO USAR COMO ARGUMENTOS AMPARO JURÍDICO E O FATO DE QUE A MESMA NO ESTAVA. SUA FUNÇÃO. TORNANDO A AÇÃO AINDA PIOR. EU, COMO TÉCNICA, EMPREENDEDORA, MAE E MULHER ME SINTO ENVERGONHADA PELA ATITUDE. ASSIM COMO TAMBÉM ME SOLIDARIZO COMO PESSOA COM ESSA SITUAÇÃO NO MINIMO DESCABIDA.
    SEM HUMANIDADE, SEM CONSELHO.

  3. Solidariedade a técnica Rosângela por passar por essa situação, o conselho deveria proteger a apoio qualquer mulher técnica ou não, sinto muita envergonhada com essa atitudes desumana. Fica a meu repúdio a esse diretores do CRT03. Muita crueldade após o mês de outubro mês do combate ao câncer de mama.
    Não sei como consegue pontuar justificativas que não convém a atitude do Conselho :/
    Deixo aqui minha indignação é faço uma pergunta se fosse um familiar de vcs ?, ponham se no lugar de Rosângela talvez assim o Conselho teria uma outra atitude!
    É por isso que esse país está desse jeito que tá…. se aquelas que nos representam agem de forma desumana e olhe que ainda estamos em tempo de pandemia certamente precisam aprender muito sobre a vida e como tratar as pessoas 🙁
    É triste ver uma colaboradora passar por isso….
    Ser demetida tenho certeza que jamais nenhum se colocou no lugar dela….
    Fica aqui meu repúdio nos como técnicos indústrias não esperamos este tipo de atitude!

  4. Fora de contexto é essa resposta. Mas também o que esperar desse conselho. Totalmente despreparado. Tomara que o ministério público seja implacável.

  5. Bora acompanhar isso pessoal. É um absurdo mesmo. Conselho só serve pra usar nosso dinheiro sem oferecer NADA. E ainda fazer isso com uma mulher que precisa de apoio. Um absurdo

    1. Isso e um absurdo e desumano as autoridades competentes precisam tomar providências. Cadê os nossos direitos? Então no momento mais difícil da vida dessa guerreira o conselho virá as costas? Como se ele fosse um produtos descartável? Ela precisa ser amparada pela a lei. Acredito que o menisterio público dê sua resposta.

  6. Muda o sistema mas os problemas são os mesmos. Tenho 61 anos, 20 de CREA, e vibrei quando o CFT chegou, mais não tinha dúvida que não saberiam conduzir. Tá aí nem demorou. Falta de respeito ao próximo, falta de ética, gastos exorbitantes de diárias e nenhum benefício para o técnico. Nem um parafuso. A única coisa certa é o boleto de anuidade. Conselho nunca deu certo e nunca vai dá, é mais uma invenção pra tirar dinheiro do povo. Tomara que esse governo acerte alguma coisa e acabe de vez com isso

  7. Eu Carlos Pereira, Técnico em Redes de Computadores, recém formado, não consigo entender como o nosso conselho toma uma atitude dessas. Isso só fortalece o comentários de muitos colegas técnicos que dizem que não vão se registrar por não se sentirem representados…

  8. A funcionária em tratamento de CÂNCER DE MAMA foi demitida, mesmo ja estando afastada e recebendo pelo INSS, e o Conselho em resposta diz que a Nota da UBATEC está fora de contexto? Que contexto seria esse? Uma mulher em luta pela vida merece todo o apoio possível esse é o contexto, a nota ainda diz que ha ‘outros interesses espúrios “, ao meu ver o único interesse nesse momento é dar apoio a essa profissional. O Ministério Público deve ser acionado isso sim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *