Decisão partidária

A decisão do governador Paulo Câmara (PSB), em excluir o Estado como uma das sedes da Copa América, não foi pessoal nem uma política de Estado. Foi do seu partido. Em Brasília, o deputado Júlio Delgado (PSB-MG) anunciou, ao mesmo tempo, que acionará a Justiça contra a realização do evento em território brasileiro. Mais cedo, a Conmebol divulgou que o campeonato será realizado no Brasil a partir de 11 de junho. Delgado afirmou em seu perfil do Twitter que é “um absurdo” a Copa América ser realizada no Brasil neste momento. Magno Martins.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *