Grande desafio da oposição é chegar unida em 2022

Pernambuco em pauta.

Nesse primeiro momento, quem apareceu com um desempenho melhor no primeiro e no segundo turno foi Raquel Lyra (PSDB), que é a pré-candidata da oposição que menos tem se movimentado.

Já Anderson Ferreira (PL) e Miguel Coelho (MDB) atingiram desempenhos equilibrados. Anderson teve uma pontuação melhor no primeiro turno, enquanto Miguel aparece melhor contra Geraldo no segundo turno.

O grande desafio de todos os três pré-candidatos é conseguir alcançar uma boa projeção fora dos seus redutos eleitorais. Nessa questão, que tem o maior desafio é Miguel Coelho, que é de uma região menos povoada. Porém, proporcionalmente, ele alcança a melhor avaliação no seu reduto e tem a menor rejeição dentre todos os pré-candidatos do estado. Por conta dessa distância dos grandes núcleos populacionais do estado, Miguel é o pré-candidato que mais tem se movimentado e já se reuniu com dezenas de políticos de Pernambuco.

Anderson Ferreira também tem se movimentado, mas de forma um pouco mais discreta. Tradicionalmente, a família Ferreira costumava atuar menos nas demais regiões do estado, focando muito no eleitorado evangélico da Região Metropolitana do Recife. A grande vantagem de Anderson é que seu reduto eleitoral conta com uma grande proporção do eleitorado do estado. Mas seu desafio é expandir seu público e, para isso, ele aposta no seu desempenho como prefeito de Jaboatão para atrair o apoio de outros prefeitos do estado.

Já Raquel Lyra está no meio de campo, em uma posição central no Agreste em que pode se movimentar tranquilamente na Mata, Região Metropolitana, mas com um pouco mais de limitação no Sertão. Apesar da posição privilegiada, Raquel ainda não colocou o time em campo e o tempo joga contra a prefeita. Mesmo assim, apareceu com uma posição confortável na primeira pesquisa, o que, definitivamente, garante seu lugar no jogo.

No geral, com três pré-candidatos competitivos, o grande desafio da oposição será manter o grupo unido até 2022 e aparar as arestas na formação da chapa majoritária. Sem uma sinergia perfeita, a oposição não conseguirá tirar o Palácio do Campo das Princesas das mãos dos socialistas. Para isso, todos devem abrir mão dos seus projetos pessoais em nome do bem comum.

Caruaru: A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, recebeu a visita do prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira. O encontro serviu para reforçar a parceria política entre ambos e para o prefeito homenagear o aniversário de 164 anos de Caruaru. Mas é inevitável que a eleição de 2022 não tenha aparecido na mesa.

Miguel Coelho: O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, visitou os prefeitos de Abreu e Lima, Paudalho, Orobó e Casinhas. Nas visitas, Miguel adotou um tom crítico ao PSB: “Está claro que o Governo do Estado não oferece mais esperança de crescimento aos municípios. Ou seja, estagnou e agora anda para trás”, criticou Miguel.

Pandemia: O Governo de Pernambuco prorrogou as restrições sanitárias vigentes em todo o estado até o dia 6 de junho. Já em 53 cidades do Agreste está valendo uma quarentena nos finais de semana e no período da noite, que também está afetando o funcionamento das igrejas.

Diego Lagedo é historiador e especialista em Gestão Pública. A sua coluna aborda temas políticos e é publicada de segunda a sábado.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *