MPE poderá propor ação contra um vereador por abuso de poder econômico nas eleições municipais em Petrolina

Justiça poderá cassar diploma de um vereador eleito  e determinar multa e a inelegibilidade do envolvido

O Ministério Público Eleitoral (MPE). Poderá propor  ação de Investigação Judicial Eleitoral à Justiça requerendo que seja cassado o diploma do vereador eleito (XXX) . Requer, ainda, que, o vereador eleito  fique inelegível agora e por mais oito anos e que seja condenado a pagar multa, como consequência do abuso de poder econômico praticado nas eleições municipais de 2020.

Para angariar votos, o vereador eleito e assessores fizeram um lista  de forma ilícita com o objetivo de distribuir bens materiais e favores ao próprio, alguns eleitores insatisfeitos por não terem recebido o valor combinado, reuniram provas em um de um grupo de WhatsApp e enviaram na época para o MPE.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *