Vereadores de Petrolina podem ser investigados por abuso de poder econômico e compras de votos na eleição de 2020

O Ministério Público Eleitoral (MPE) deve instaurar um procedimento preparatório para investigar a suposta compra de votos, por partes de alguns vereadores em Petrolina que foram eleitos e outros que foram derrotados. O órgão ministerial tem recebido denúncias de que pessoas teria pedido voto à família com o proposito de serem beneficiada por serviços.

“O objetivo destas condutas teria sido a compra de votos de algumas famílias, sendo que recursos financeiros foi efetivamente entregue após as eleições. Um representante ligado ao um candidatos também teria, no dia das eleições, praticado ‘boca de urna'”,

 

 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *