Padre morre ao tentar salvar criança de 4 anos e mãe de afogamento

Cidade em que atuava como pároco e Administrador da Área Pastoral Nossa Senhora de Lourdes, a Prefeitura de Gravatá publicou, em suas redes sociais, nota de pesar pelo falecimento do padre Fernando.

Por- Portal PE10

Um episódio trágico, ocorrido ontem, comoveu o agreste pernambucano. Pároco no município de Gravatá (PE), o padre Fernando de Lima Silva morreu afogado ao tentar salvar duas pessoas, uma criança de quatro anos e a mãe que estavam em um barco que afundou em um açude loclizado em Serra Negra, Zona Rural do município de Bezerros.

Natural de Taquaritinga do Norte (PE), o corpo do padre Fernando chegou hoje à noite à cidade natal, onde está acontecendo um cortejo até a Paróquia Santo Amaro. As informações são do Diário de Pernambuco.

Cidade em que atuava como pároco e Administrador da Área Pastoral Nossa Senhora de Lourdes, a Prefeitura de Gravatá publicou, em suas redes sociais, nota de pesar pelo falecimento do padre Fernando. “Em nome da Prefeitura de Gravatá, o prefeito, padre Joselito Gomes, e os servidores municipais se solidarizam com a família pelo falecimento do Padre Fernando Lima”, diz a nota. a prefeitura decretou três dias de luto.

A Diocese de Caruaru também emitiu mensagens de condolência. “Repouso eterno, dai-lhe, Senhor! E brilhe para ele a vossa luz”, foram os trechos finais da publicacão feita pela diocese no Instagram.

Instituição de ensino onde fez mestrado em Teologia, a Universidade Católica de Pernambuco lamentou o ocorrido. “A Universidade Cato%u0301lica de Pernambuco lamenta imensamente o falecimento do ex-aluno do Mestrado em Teologia Padre Fernando de Lima Silva”, lamentou a instituição.

Em jogo realizado na tarde deste domingo, o Santa Cruz, time pelo qual o padre Fernando torcia, fez um minuto de silêncio em memória do sacerdote, que “carregava além da vocação de sacerdote o seu amor pelo clube coral”, disse a assessoria do time pernambucano em nota de pesar.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *