IBGE abre inscrição para seleção com 254 vagas para trabalho em pesquisas com salários de até R$ 3,1 mil

Por G1 PE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu, nesta quinta (11), em Pernambuco, inscrições para uma seleção simplificada com 254 vagas de trabalho temporário. O cadastramento deve ser feito pela internet e segue até o dia 26 de março. Os salários vão de R$ 1.387,50 a R$ 3.100.

São 231 vagas para agentes de pesquisas e mapeamento (APM) e 23 para supervisores de coleta e qualidade. Os aprovados vão trabalhar nas pesquisas que constam no calendário de divulgação mensal do IBGE.

De acordo com o IBGE, as vagas estão distribuídas em até 18 municípios pernambucanos. A será feita por meio de uma prova objetiva de 60 questões de múltipla escolha envolvendo conhecimentos gerais e específicos.

Ainda de acordo com o instituto, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. Para concorrer aos cargos de agente de pesquisa, com remuneração de R$ 1.387,50, e de supervisor, com salário de R$ 3.100, é exigido o ensino médio completo.

“Os contratos terão duração de até um ano, podendo esse prazo ser prorrogado, desde que o total não ultrapasse três anos, de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária”, disse o instituto.

O contratado será avaliado mensalmente nos primeiros três meses e nos últimos três meses de contrato. Nos meses intermediários, as avaliações poderão ocorrer mensalmente ou a cada 90 dias.

Agentes de pesquisa

Para se inscrever na seleção, o candidato deve pagar taxa de R$ 33,98. O interessado pode optar pelo município em que deseja concorrer e indicar a cidade onde pretende realizar a prova.

Para agente de pesquisa, as vagas estão disponíveis em 18 cidades. São elas:

  • Afogados da Ingazeira
  • Arcoverde
  • Belo Jardim
  • Carpina
  • Caruaru
  • Escada
  • Garanhuns
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Limoeiro
  • Olinda
  • Ouricuri
  • Palmares
  • Petrolina
  • Recife
  • Salgueiro
  • Serra Talhada
  • Timbaúba
  • Vitória de Santo Antão.

No total, há 163 vagas para ampla concorrência, 46 para pessoas pretas ou pardas e 22 para candidatos com deficiência. O candidato precisa ter ensino médio completo, mas nenhuma experiência profissional é exigida.

O agente de pesquisas e mapeamento deve fazer a visitação a domicílios e estabelecimentos, em locais selecionados de acordo com o tema a ser pesquisado, para a coleta de dados para a realização de pesquisas de natureza estatística.

Ele precisa agendar e realizar entrevistas presenciais ou por telefone, registrando os dados em questionários, além de dar suporte à atualização dos levantamentos geográficos que estruturam a execução das pesquisas, entre outras atividades.

A prova objetiva será realizada no dia 2 de maio nos municípios em que há vagas, das 13h às 17h. As questões terão conteúdos de língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico, além de ética no serviço público e geografia.

Supervisor de coleta

Para as inscrições de supervisor de coleta e qualidade, o IBGE oferece vagas em 12 cidades. São elas:

  • Carpina
  • Caruaru
  • Escada
  • Garanhuns
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Limoeiro
  • Ouricuri
  • Palmares
  • Recife
  • Salgueiro
  • Serra Talhada
  • Timbaúba

Segundo o IBGE, a capital pernambucana é a única a ter mais de uma vaga para o cargo. São 12 postos no total: seis para ampla concorrência, cinco para pessoas pretas ou pardas e uma para pessoas com deficiênciaA taxa de inscrição custa R$ 30,27. O nível de escolaridade exigido para a função é o ensino médio completo.

O supervisor de coleta e qualidade deve fazer o planejamento e a execução de atividades previstas para as pesquisas e levantamentos, além do gerenciamento, acompanhamento e controle dos trabalhos desenvolvidos nas agências de coleta.

Também é deve participar de treinamentos e repassar os conhecimentos, que tenham por objetivo a capacitação para o desenvolvimento das pesquisas estatísticas.

A prova objetiva será realizada nos municípios onde há vagas, no dia 2 de maio, das 13h às 17h. Os conteúdos serão de língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico, além de ética no serviço público, noções de informática, de administração e situações gerenciais e geografia.

Protocolos sanitários contra a Covid-19 nos dias das provas

No dia da prova, os candidatos deverão levar caneta esferográfica cor preta de material transparente, comprovante de inscrição e documento original com foto.

O IBGE informou que protocolos sanitários de prevenção da Covid-19 serão divulgados detalhadamente em edital específico sobre os locais de prova.

Serão exigidos o uso obrigatório de máscaras, o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova, medidas para evitar aglomerações e respeito a legislações locais.

O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo e terá sua prova anulada.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *