Skip to main content

Prefeitura do PT concede cargo com salário de R$ 10 mil para réu por tentativa de homicídio

O réu petista e seu filho foram indiciados por tentativa de homicídio qualificado contra o empresário Carlos Alberto Bettoni.

O ex-vereador Maninho do PT foi nomeado para um cargo dentro da Prefeitura de Diadema, no Estado de São Paulo. O município é chefiado pelo petista José de Filippi. A reportagem é da Folha.

O petista e seu filho são réus por tentativa de homicídio qualificado contra o empresário Carlos Alberto Bettoni. Em 5 de abril de 2018, quando o ex-juiz Sergio Moro decretou a prisão do ex-presidente Lula, Maninho do PT e seu filho atacaram o empresário, em frente ao Instituto Lula, na capital paulista.

Bettoni sofreu traumatismo craniano. Maninho do PT e o filho ficaram em prisão preventiva de maio a dezembro de 2018.

Maninho e o filho, Leandro Eduardo Marinho, não prestaram socorro ao empresário, assumindo o risco de que a morte pudesse ocorrer, segundo a Promotoria. Além deles, o dirigente sindical Paulo Cayres foi indiciado, mas teve o inquérito arquivado a pedido do promotor Felipe Eduardo Levit Zilberman, por não ter participado diretamente do ataque.

Compartilhar Noticia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *